top of page
DD.png

O que é o MG

O nosso trabalho é criar inspiração e promover sonhos através de conteúdo de moda, imagem, beleza e negócios; conteúdos autênticos e cuidadosamente selecionados.

Por que fazemos

Através de nosso trabalho, criamos campanhas estratégicas com marcas que compartilhem os nossos valores. Hoje, com 23 anos de trabalho sendo que 13 são no on-line, temos como clientes e parceiros diversas empresas. tanto em Brasília quanto no Brasil. 

Como fazemos

Podemos comunicar a sua mensagem através de criação de conteúdo, com a exposição da sua marca em nossos canais, seja através de posts no blog ou em nossas mídias sociais.

Além disso, podemos oferecer uma mistura de ambas as soluções para efetivamente atingir seu público-alvo e contar a história da sua marca da forma mais adequada.

Soluções de Negócios

Leve o nosso conhecimento para a sua empresa ou sua marca, através de Palestras e Treinamentos Empresariais. 

Nossa Consultoria Empresarial é personalizada, e temos grupos VIP para um maior acompanhamento e direcionamento.

Mercado imobiliário: DF registra crescimento de 16% em lançamentos




Uma pesquisa inédita divulgada nesta terça-feira (12) indica que no ano passado houve um aumento de 16% em lançamentos imobiliários na comparação com 2022, somando 53 empreendimentos novos - o dado faz com que 2023 seja considerado o segundo melhor ano em lançamentos imobiliários dos últimos 10 anos, ficando atrás apenas de 2021, quando haviam sido lançados 64 empreendimentos. Ainda no ano passado, os lançamentos totalizaram 7.614 unidades, avaliadas em R$ 5,8 bilhões (Valor Geral de Vendas - VGV), enquanto o tícket médio das unidades lançadas ficou em R$ 768.593 mil. O estudo inclui todos os dados do mercado de imóveis do Distrito Federal em lançamentos, vendas e ofertas, de 2023, e foi realizado pela empresa Quadraimob Inteligência de Mercado.

Segundo a pesquisa, dos R$ 5,8 bilhões de lançamentos em 2023, R$ 3,25 bilhões foram de empreendimentos de alto padrão (56,03%) nas regiões do Plano Piloto e Park Sul. Águas Claras e Noroeste foram as que mais receberam lançamentos, totalizando 12 novos empreendimentos cada uma, sendo que em número de unidades, Águas Claras ficou na frente com 1.843 unidades lançadas, o que representa 24,2% de todas as novas unidades colocadas à venda na cidade em 2023.

Enquanto em Águas Claras o ticket médio das unidades lançadas ficou em R$ 739.449, no Noroeste esse valor chegou a R$ 1.515.556. Porém, o maior tícket entre os lançamentos de 2023 foi encontrado na Asa Sul, com R$ 3.760.539.


Segundo os sócios diretores da Quadraimob, Leonel Alves e Rogerio Oliveira, a previsão para este ano é de crescimento na quantidade de lançamentos nos segmentos de médio padrão e econômico. “É provável que o Distrito Federal receba mais de 50 novos empreendimentos em 2024, e em relação à oferta de imóveis no mercado primário (lançamentos), Águas Claras deve continuar sendo a cidade com a maior quantidade de unidades à venda durante todo o ano, se mantendo à frente do Setor Noroeste.”


Atualmente, Águas Claras possui 2.717 unidades disponíveis (31,57% do total). Já em relação ao VGV, o Noroeste continua sendo a região com a maior oferta, com R$ 3,69 bilhões, ou seja, 41,92% dos R$ 8,79 bilhões disponíveis para venda no final de 2023 em todo o Distrito Federal. O segmento de alto padrão como um todo (Plano Piloto e Park Sul) continua sendo o mais representativo do DF, com 31% das unidades e 59% do VGV à venda na cidade. Se considerar os segmentos de médio e alto padrão - MAP, são praticamente 70% das unidades à venda.

Das unidades à venda, o maior tícket médio está no Sudoeste, com R$ 3.205.315, e o menor tícket médio dentre as unidades à venda está em Planaltina, com R$ 200.400. A maior parte das unidades à venda no mercado primário (Lançamentos Imobiliários) ainda está em construção. Das 8.605 unidades à venda neste segmento, 6.884 (80%) ainda estão em obra.

Vendas

De acordo com o levantamento, o Mercado de Lançamentos (segmento primário) vendeu em 2023 um total de 5.156 unidades, com um VGV de R$ 3,65 bilhões, o que representou um crescimento de 4,58% em relação do VGV de 2022, somando R$ 3,49 bilhões e representando o maior VGV do mercado de lançamentos dos últimos 10 anos. O tícket médio das unidades vendidas também cresceu 8,76% de 2022 para 2023, passando de R$ 651 mil para R$ 708 mil.

Em relação à quantidade de unidades à venda, o Noroeste continuará sendo uma das principais regiões em destaque. “Outra região em crescimento é Samambaia, com previsão de receber muitos lançamentos ao decorrer do ano e se consolidar como uma das três principais cidades desse mercado”, avaliam os sócios diretores Leonel Alves e Rogerio Oliveira.


Ofertas

O maior preço dentre as unidades em oferta em dezembro de 2023 foi encontrado no Setor de Clubes Sul, com R$ 33.666/m2, certamente um dos maiores preços do país. Logo em seguida vem a Asa Sul, com R$ 24.526/m2, e o Sudoeste, com R$ 19.831/m2. O menor preço por m2 do Distrito Federal é o de Planaltina, com 4.612/m2.

Em comparação com dezembro de 2022, foram justamente os preços de Planaltina que mais aumentaram, com 34,46% de valorização. A segunda região que mais se valorizou foi a Samambaia, com 20,44%, e depois o Sudoeste, com 10,66% de valorização.

Para os sócios diretores, a expectativa para 2024 é de crescimento nas vendas, tendo em vista que este ano começou com mais unidades em oferta, previsão de mais cortes na Taxa SELIC e com forte investimento do Governo Federal no programa Minha Casa Minha Vida. “A redução da Taxa SELIC estimula as vendas, não só porque abre caminho para a redução das Taxas dos Financiamentos Imobiliários, como também traz de volta os investidores que estavam apostando no mercado financeiro. Sabendo que as Taxas do Crédito Imobiliário não caem na mesma velocidade e proporção da SELIC, e que os preços dos imóveis estão sempre subindo, os clientes já começaram o ano partindo para as compras”, destacam.


Evento

Essas e outras informações foram apresentadas num café da manhã promovido pela Quadraimob nesta terça-feira (12), no auditório do Sindicato da Indústria Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF). Além da apresentação do anuário, o evento contou com palestra ministrada pelo professor associado e pesquisador da Fundação Dom Cabral na área de Estratégia e Finanças, (Autor dos livros Arquitetura e Dinâmica das Organizações e os Textos do Contexto), Gilmar de Melo Mendes, que teve como tema o "Cenário Macroecônomico Global e Brasil”.


O evento contou ainda com a entrega do Prêmio Top Imobiliário Wildemir Demartini, que homenageou as empresas que mais lançaram e venderam nos diferentes segmentos no ano de 2023. Confira os vencedores por categoria:

1 – Maiores em Lançamentos

Categoria: Médio/Alto Padrão

1. Brasal Incorporações

2. Base Investimentos e Incorporações S.A

3. Real Engenharia

Categoria: Econômico

1. Engenharia Carvalho Accioly

2. EBM Incorporações

3. Direcional Engenharia

2- Maiores em Vendas

Categoria: Médio/Alto Padrão

1. Base Investimentos e Incorporações S.A

2. Brasal Incorporações

3. Emplavi

Categoria: Econômico

1. Conbral Construtora

2. Direcional Engenharia

3. MRV Engenharia

3- Projetos lançados: Arquiteto (1 unidade)

Categoria: Médio/Alto Padrão

1. Estrela Engenharia

Categoria: Econômico

1. Engenharia Carvalho Accioly

4- Financiamento de Produção: Agente Financeiro

1. Banco BRB


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page