top of page
DD.png

O que é o MG

O nosso trabalho é criar inspiração e promover sonhos através de conteúdo de moda, imagem, beleza e negócios; conteúdos autênticos e cuidadosamente selecionados.

Por que fazemos

Através de nosso trabalho, criamos campanhas estratégicas com marcas que compartilhem os nossos valores. Hoje, com 23 anos de trabalho sendo que 13 são no on-line, temos como clientes e parceiros diversas empresas. tanto em Brasília quanto no Brasil. 

Como fazemos

Podemos comunicar a sua mensagem através de criação de conteúdo, com a exposição da sua marca em nossos canais, seja através de posts no blog ou em nossas mídias sociais.

Além disso, podemos oferecer uma mistura de ambas as soluções para efetivamente atingir seu público-alvo e contar a história da sua marca da forma mais adequada.

Soluções de Negócios

Leve o nosso conhecimento para a sua empresa ou sua marca, através de Palestras e Treinamentos Empresariais. 

Nossa Consultoria Empresarial é personalizada, e temos grupos VIP para um maior acompanhamento e direcionamento.

Exporta Mais Brasil: moda cearense deve movimentar mais de R$ 4 mi em negócios internacionais



O programa da ApexBrasil esteve em Fortaleza entre os dias 22 e 24/4, onde cinco compradores internacionais puderam visitar fábricas e participar da feira Ceará Está na Moda. Foram realizadas 43 reuniões de negócios com empresários locais


A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) segue comprometida com seu objetivo de se aproximar de todos os estados brasileiros e potencializar a participação de variados setores no comércio exterior. Na última semana, com o programa Exporta Mais Brasil, a Agência retornou a Fortaleza com cinco compradores internacionais para evidenciar a qualidade da moda cearense. Após três dias intensos de visitas técnicas e reuniões, os resultados foram excelentes: expectativa de mais de R$ 4 milhões em negócios para os próximos 12 meses.

Para essa edição do programa, que aconteceu de 22 a 24/4, a ApexBrasil convidou representantes de cinco países: Filipinas, Espanha, África do Sul, Emirados Árabes Unidos e Rússia. No período, ocorreram reuniões de negócios durante a primeira edição da feira Ceará Está na Moda (CEM), uma promoção da Federação do Comércio do Ceará (Fecomércio) e da FIEC, realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC), da Fecomércio. O evento foi uma oportunidade para dar mais visibilidade ao setor da moda no Ceará, contando com exposição de diversas marcas, palestras e desfiles.

Na cerimônia de abertura da feira, Jorge Viana, presidente da Agência, comentou sobre a presença do programa Exporta Mais Brasil. “Eu não estou vindo aqui só para falar de boas intenções. Nós já estamos praticando as boas intenções!”, destacou. O presidente evidenciou a qualidade da produção cearense e reforçou que a ApexBrasil está à disposição para ajudar as empresas a alcançarem novos territórios. “É uma coisa extraordinária, porque a qualidade e os produtos vocês têm, mas as oportunidades precisam ser vencidas (...). Então eu digo o seguinte: se quiser exportar, procura a Apex e a gente te ajuda!”, finalizou.


Durante a feira, foram realizadas 43 reuniões com 26 empresas brasileiras, gerando uma expectativa de mais de R$ 4 milhões em negócios nos próximos 12 meses.


Evidenciando a qualidade brasileira

Para que os compradores internacionais pudessem mergulhar no estilo e na produção do Brasil, eles conheceram, de perto, quatro marcas brasileiras: Dilady, Hope, DelRio e Diamantes. As visitas técnicas ocorreram em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

Juliano Pereira, diretor da Dilady, comentou que, apesar de já exportarem para alguns países, a possibilidade de prospectar com novos parceiros é sempre muito promissora. “Recebemos esse programa da ApexBrasil com muita expectativa de bons contatos e de boas parcerias para avançarmos, ainda mais, no desenvolvimento do mercado internacional”, afirmou.

A gestora do canal internacional do grupo Hope, Joana Wichmann, complementou que a experiência foi extremamente rica. “A ApexBrasil e a FIEC fizeram um trabalho excelente de matchmaking, porque todos os convidados que vieram são possíveis compradores da nossa marca. É uma troca enriquecedora para nós e para eles”, enfatizou.

Representando os Emirados Árabes Unidos, Samuel Vogel foi um dos convidados para conhecer melhor a produção cearense. “Eu gostei muito das visitas às fábricas, foi uma iniciativa fantástica. Nós tivemos a oportunidade de conhecer as empresas, os produtos e, melhor que isso, conhecer as pessoas, os seus conceitos, as suas diretrizes e ter uma troca olho no olho”, finalizou.

E o encanto com a produção brasileira foi uma unanimidade entre os compradores. Stella Ngwenya veio da África do Sul e foi conquistada pelo trabalho árduo e pelo calor dos brasileiros. “E em relação à qualidade, encontrei produtos excelentes. Posso afirmar que 98% de tudo que vi é de um nível realmente muito bom. E os outros 2% já estão na curva de melhoria. Saio com uma imagem extremamente positiva do Brasil, do seu povo e da sua produção”, compartilhou. A compradora também elogiou o esforço da ApexBrasil em trazer representantes de variados pontos do globo para conhecer de perto o setor brasileiro e fazer negócios.


Possibilitando negócios

Entre as marcas que representaram o Brasil durante a primeira edição da feira Ceará Está na Moda (CEM), 22 têm liderança feminina. Uma dessas foi a Mar Hype. Criada por Jéssica Bezerra, a marca de Fortaleza, que tem foco em moda praia, surgiu do desejo da empresária de ter algo com a sua cara.

Com sete anos de existência, a marca, primeiramente, foi rompendo as fronteiras de sua cidade de origem e foi alcançando outros estados, a partir do e-commerce. Em sequência, quando ainda nem pensava em chegar no mercado internacional, uma amiga de Jéssica recomendou que ela participasse do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX). “O PEIEX me abriu um mundo de possibilidades que antes eu não tinha”, relata. Após a qualificação, Jéssica seguiu atenta às iniciativas da ApexBrasil e, atualmente, integra o programa Elas Exportam, parceria da Agência com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC).

Na CEM, a empresária teve a oportunidade de participar da sua primeira rodada de negócios internacionais. “Ter o contato com uma compradora da Europa foi muito importante. E posso contar que ela amou o nosso catálogo e já vai levar alguns produtos hoje!”, comentou com empolgação.

E Jéssica não foi a única a ter o primeiro contato com compradores internacionais durante as rodadas de negócios da ApexBrasil. Roberto Fagner, proprietário da marca Praia e Corpo, contou que a sua empresa surgiu no distrito Sítio Alegre, localizado em Morrinhos, munícipio cearense. A marca, que começou com vendas na feira local do distrito, já tem presença em todos os estados do Brasil e, agora, está buscando a inserção no exterior.

Roberto comenta que a exportação nunca esteve nos planos iniciais da empresa. Mas o tempo foi passando, os resultados foram se superando cada vez mais e a possibilidade se tornou uma nova ambição. “Foi muito importante, pela primeira vez, estar aqui em uma rodada. Hoje tivemos três reuniões com clientes internacionais e estou muito feliz! Agradeço imensamente à ApexBrasil, que foi quem nos ajudou a estar aqui nesse momento”, concluiu.

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page