top of page
DD.png

O que é o MG

O nosso trabalho é criar inspiração e promover sonhos através de conteúdo de moda, imagem, beleza e negócios; conteúdos autênticos e cuidadosamente selecionados.

Por que fazemos

Através de nosso trabalho, criamos campanhas estratégicas com marcas que compartilhem os nossos valores. Hoje, com 23 anos de trabalho sendo que 13 são no on-line, temos como clientes e parceiros diversas empresas. tanto em Brasília quanto no Brasil. 

Como fazemos

Podemos comunicar a sua mensagem através de criação de conteúdo, com a exposição da sua marca em nossos canais, seja através de posts no blog ou em nossas mídias sociais.

Além disso, podemos oferecer uma mistura de ambas as soluções para efetivamente atingir seu público-alvo e contar a história da sua marca da forma mais adequada.

Soluções de Negócios

Leve o nosso conhecimento para a sua empresa ou sua marca, através de Palestras e Treinamentos Empresariais. 

Nossa Consultoria Empresarial é personalizada, e temos grupos VIP para um maior acompanhamento e direcionamento.

Entenda quais os erros mais cometidos por quem compra apartamento na planta



Especialista ressalta a importância de prestar atenção para evitar contratempo antes da mudança

Já virou até estereótipo dizer que o brasileiro precisa adquirir o imóvel próprio para sentir segurança na vida de maneira geral. E, se pararmos para pensar, essa é uma questão que faz sentido quando analisamos os dados. De acordo com um estudo realizado no último ano pela startup QuintoAndar em parceria com a Datafolha, cerca de 70% dos brasileiros moram em imóveis próprios. Na pesquisa, ficou constatado que os jovens voltaram a se interessar pelos imóveis: 91% dos brasileiros entre 21 a 24 anos, por exemplo, afirmaram que um de seus sonhos é ter uma casa própria.

No Distrito Federal, para se ter uma ideia, em 2022, as empresas associadas à Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (Ademi-DF), realizaram 24 lançamentos, colocando 3.271 imóveis à disposição em todo o DF.

Com cenário tão favorável, e o desejo latente de adquirir um imóvel próprio, vale lembrar, que antes de fechar o negócio, é preciso atenção para não ter dor de cabeça na hora de morar. Especialmente quando o assunto é adquirir um apartamento na planta, já que muitas pessoas têm o sonho de comprá-lo novinho.

“Adquirir um imóvel novo, garante o baixo custo de manutenção inicial. Isso porque, uma vez que o imóvel é novo, as probabilidades de problemas são menores nos primeiros anos após a entrega. Isso resulta em economia de custos, quando comparado aos imóveis mais antigos que podem exigir reparos com mais frequência”, diz o sócio-diretor da Apex Engenharia, Eduardo Aroeira.

Para ajudar a sanar algumas dívidas, Eduardo Aroeira, elencou alguns dos erros mais comuns de quem compra apartamento na planta.


Pesquisar o histórico da empresa

Para Eduardo, é de suma importância que, antes de assinar o contrato, primeiro a pessoa precisa conhecer a incorporadora responsável. Nesse caso, pesquisando a história e reputação do vendedor ou, no caso, da empresa, assim como o modelo construtivo e ações socioambientais escolhidas. "Faça uma verificação minuciosa sobre o histórico da empresa, a qualidade dos seus empreendimentos e se ela possui certificações e selos de qualidade, como o ISO 9001, que consiste em assegurar maior qualidade na entrega de produtos ou serviços, tendo como foco a gestão estratégica da empresa. Esse certificado é muito importante, pois é uma norma que certifica a capacidade da empresa em fornecer produtos e serviços dentro dos conformes", conta.

Planejamento financeiro

Muitas pessoas não se atentam ao fato de que pode haver um longo período entre a compra e a entrega das chaves. Com isso é preciso planejamento. O sócio-diretor da Apex Engenharia ressalta a importância de fazer um planejamento financeiro, e assim não comprometer a renda pessoal entre a compra e a entrega das chaves, já que esse processo pode levar em média dois anos e meio, a depender do porte do empreendimento.

"Desde o início, a pessoa precisa adequar o sinal e as parcelas de acordo com o seu planejamento, entendendo que, além do pagamento do bem adquirido, ainda haverá gastos com moradia durante esse período. Para que isso funcione bem, faça uma pesquisa e compare as diferentes opções de financiamento disponíveis no mercado, bem como as taxas de juros e prazos oferecidos pelos bancos. O lado positivo do financiamento, é que como você conhece o cronograma de construção e entrega do imóvel, é mais fácil fazer um planejamento financeiro a longo prazo, ajustando seus compromissos financeiros de acordo com as datas de pagamento estabelecidas pelo empreendedor”, aconselha.

Prazo de entrega

Um dos erros mais comuns é que o comprador, na busca por um imóvel, às vezes não presta atenção em que estágio a obra se encontra, se está em pré-lançamento, lançamento. "Quando a pessoa compreende as atuais etapas das obras fica mais simples buscar por empreendimentos que se adequem às suas expectativas, desde o prazo de recebimento, até as possibilidades de personalização", conta.

Esperar demais para contratar um profissional

É natural que algumas pessoas tenham o desejo de fazer mudanças na parte estrutural do apartamento. Mas vale lembrar que, enquanto a construção prossegue, é recomendável já ter em mente qual profissional vai realizar esse projeto.

“Observamos que muitos esperam pela entrega das chaves ou contratam o profissional no momento que a construtora pede as decisões de personalização. Isso pode ser um problema, já que, quando a empresa faz essa sinalização, a fase de fazer ajustes já passou e isso faz com que o cliente perca tempo de obra, que poderia ter sido feita antes da entrega das chaves. E, quando o cliente perde esse prazo, o profissional contratado não tem tempo de avaliar a fundo as opções apresentadas. O ideal é que desde o início, a pessoa já tenha escolhido o projeto a ser realizado e o profissional que irá executá-lo", explica.

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page