top of page
DD.png

O que é o MG

O nosso trabalho é criar inspiração e promover sonhos através de conteúdo de moda, imagem, beleza e negócios; conteúdos autênticos e cuidadosamente selecionados.

Por que fazemos

Através de nosso trabalho, criamos campanhas estratégicas com marcas que compartilhem os nossos valores. Hoje, com 23 anos de trabalho sendo que 13 são no on-line, temos como clientes e parceiros diversas empresas. tanto em Brasília quanto no Brasil. 

Como fazemos

Podemos comunicar a sua mensagem através de criação de conteúdo, com a exposição da sua marca em nossos canais, seja através de posts no blog ou em nossas mídias sociais.

Além disso, podemos oferecer uma mistura de ambas as soluções para efetivamente atingir seu público-alvo e contar a história da sua marca da forma mais adequada.

Soluções de Negócios

Leve o nosso conhecimento para a sua empresa ou sua marca, através de Palestras e Treinamentos Empresariais. 

Nossa Consultoria Empresarial é personalizada, e temos grupos VIP para um maior acompanhamento e direcionamento.

Entenda como proteger seus eletrônicos de quedas de energia, raios na rede elétrica e apagões



De Norte a Sul, de Leste a Oeste, não importa a região do país, quedas de energia, apagões e raios são acontecimentos cada vez mais comuns no cotidiano dos brasileiros. E a consequência disto, são pessoas que acumulam vários prejuízos após terem seus eletrônicos danificados por conta destes acontecimentos. Porém, medidas simples podem ser tomadas para minimizar os prejuízos e evitar que os eletrônicos e eletrodomésticos “queimem” ou tenham seu funcionamento prejudicado.

A melhor maneira de proteger os aparelhos sensíveis, como computadores, televisores, aparelhos de som entre outros, é desligá-los na hora que acontecem variações de tensões ou blecautes. Porém, é interessante pensar em adquirir dispositivos especializados que vão evitar que eles queimem. Segundo, Otogair Fernando de Almeida, gerente de vendas, existem três principais equipamentos de proteção: estabilizadores, nobreaks e filtros de linha.

Proteger os eletrônicos é crucial para manter a durabilidade e funcionalidade de cada aparelho. É importante que as pessoas saibam exatamente como funciona cada dispositivo e para qual aparelho ele é indicado. Antes de fazer uma escolha é necessário avaliar todas as necessidades e o ambiente elétrico no qual eles serão utilizados. E sempre é necessário consultar as especificações e recomendações do fabricante para garantir o uso correto e eficaz desses dispositivos de proteção. O custo benefício vale muito a pena, levando-se em conta o valor que a pessoa vai perder caso o eletrônico seja danificado ou de perda total”, explica ele.

Entenda cada dispositivo:

  • Estabilizadores: como o próprio nome sugere, ele é projetado para manter a tensão da rede elétrica estável, evitando as flutuações bruscas que podem danificar os eletrônicos. Ao detectar uma variação de tensão de entrada, o estabilizador atua ajustando a energia para um nível constante antes que ela possa atingir os aparelhos que estão conectados.

Quais eletrônicos podem ser protegidos:

  • Computadores desktop e laptops.

  • Monitores.

  • Impressoras.

  • Equipamentos de áudio e vídeo.

  • Nobreaks: são responsáveis por manter a conexão mesmo em casos de queda de energia. Dotados de baterias internas, eles entram em ação quando a energia principal é interrompida, assim a pessoa pode continuar usando o seu eletrônico, por um pequeno espaço de tempo, e desligá-lo de maneira segura, evitando a perda do trabalho que está sendo desenvolvido e danos aos aparelhos.

Quais eletrônicos podem ser protegidos:

  • Computadores e servidores.

  • Roteadores e modems.

  • Equipamentos médicos sensíveis.

  • Sistemas de segurança.

  • E todos os produtos que os estabilizadores também protegem.

  • Filtros de Linha: o mais prático e acessível da lista. Servem para aumentar o número de tomadas disponíveis, além de evitar a passagem de altas correntes para os equipamentos eletrônicos e, assim, aumentar a sua vida útil. Eles tornam possível conectar uma série de dispositivos à luz, como impressora, videogame, TVs e outros tipos de aparelhos próximos. Seus circuitos atenuam as flutuações de tensão, reduzem interferências eletromagnéticas e filtram distúrbios elétricos.

Quais eletrônicos podem ser protegidos:

  • TVs e sistemas de home theater.

  • Equipamentos de escritório.

  • Aparelhos de entretenimento.

  • Dispositivos de carga USB.

Meu eletrônico queimou. O que fazer?

O consumidor tem direito a pedir o ressarcimento em dinheiro pelos equipamentos danificados. Uma resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estipula que a reclamação pode ser feita diretamente à concessionária de energia em até 90 dias. O aparelho quebrado deve permanecer guardado.

Feito isso, a empresa responsável pelo fornecimento de energia tem um prazo de dez dias para inspecionar o bem danificado. E depois mais 15 dias para responder ao consumidor se haverá ou não ressarcimento. Caso o ressarcimento seja negado, o consumidor pode procurar o Procon da sua cidade para tentar um acordo com a empresa prestadora do serviço.

Mais informações: www.fujiokadistribuidor.com.br


5 visualizações0 comentário
bottom of page